terça-feira, 31 de janeiro de 2017

"Sinto o cheiro da vitória e o retorno de Marcelo para a planície da assembleia" afirma Ângelo Coronel
Em entrevista na Rádio Metrópole nesta segunda-feira (30), o Deputado Estadual  Ângelo Coronel (PSD) afirmou à Mário Kertész que confia em sua vitória na disputa da presidência ALBA. "Sinto o cheiro da vitória e o retorno de Marcelo para a planície da assembleia" afirmou Coronel. 
Marcelo Nilo (PSL) completou 5 mandatos a frente da Casa legislativa estadual, e pretende concorrer pela 6ª vez a presidência. A eleição para o comando da  ALBA ocorrerá dia 1º de fevereiro. 
Confira abaixo trecho da entrevista. 
18 políticos baianos já foram mencionados por delatores da Odebrecht

G1 divulgou lista de políticos citados nos depoimentos de delação premiada de executivos da Odebrecht. Até o momento, sabe-se apenas o conteúdo da delação de Cláudio Melo Filho, ex-vice-presidente de Relações Institucionais da empresa


Veja abaixo a lista dos baianos mencionados por delatores da Odebrecht.

Adolfo Viana

Adolfo Viana

Deputado estadual
PSDB | BA

Antônio Brito

Antônio Brito

Deputado federal
PSD | BA

Antônio Imbassahy

Antônio Imbassahy

Deputado federal
PSDB | BA

Arthur Maia

Arthur Maia

Deputado federal
PPS | BA

Benito Gama

Benito Gama

Deputado federal
PTB | BA

Claudio Cajado

Claudio Cajado

Deputado federal
DEM | BA

Colbert Martins

Colbert Martins

Vice-prefeito eleito de Feira de Santana
PMDB | BA

Daniel Almeida

Daniel Almeida

Deputado federal
PC do B | BA

Geddel Vieira Lima

Geddel Vieira Lima

Ex-ministro
PMDB | BA

Jaques Wagner

Jaques Wagner

Ex-governador da Bahia e ex-ministro
PT | BA

João Almeida

João Almeida

Ex-deputado
PSDB | BA

José Carlos Aleluia

José Carlos Aleluia

Deputado federal
DEM | BA

Jutahy Magalhães Jr

Jutahy Magalhães Jr

Deputado federal
PSDB | BA

Leur Lomanto Jr

Leur Lomanto Jr

Deputado estadual
PMDB | BA

Lídice da Mata

Lídice da Mata

Senadora
PSB | BA

Lúcio Vieira Lima

Lúcio Vieira Lima

Deputado federal
PMDB | BA

Paulo Magalhães Junior

Paulo Magalhães Junior

Vereador eleito de Salvador
PV | BA

Rui Costa

Rui Costa

Governador
PT | BA
Relator da Operação Lava Jato será definido por sorteio
O relator da Operação Lava Jato decide quais políticos com foro privilegiado viram réus e sobre o sigilo dos depoimentos colhidos nas delações

A ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), deve fazer um sorteio entre os integrantes da Segunda Turma da Corte para definir quem será o relator da Operação Lava Jato, reporta nesta terça-feira a Folha de S. Paulo. A relatoria da Lava Jato estava sob responsabilidade do magistrado Teori Zavascki, que faleceu em um acidente de avião em Paraty.
Os onze ministros do Supremo dividem-se em duas turmas de cinco magistrados cada — o presidente da Casa, tradicionalmente, não participa das turmas. Teori Zavascki era da Segunda Turma, assim como os ministros Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Celso de Mello. Ainda de acordo com a Folha, Cármen Lúcia tem sondado a possibilidade de Edson Fachin mudar da Primeira para a Segunda Turma do STF para participar do sorteio.
O relator da Operação Lava Jato decide, entre outras coisas, quais políticos com foro privilegiado viram réus e sobre o sigilo dos depoimentos colhidos nas delações das empreiteiras que fizeram acordo com a Justiça, como no caso dos 77 executivos e ex-executivos da Odebrecht.
A possível retirada do sigilo na delação da Odebrecht é motivo de apreensão no Governo e no Congresso, pois muitos políticos devem ser citados e implicados na operação da Polícia Federal (PF).

Homologação — A ministra Cármen Lúcia, homologou as 77 delações de executivos e ex-executivos da empreiteira Odebrecht. Os sigilos dos depoimentos serão mantidos e o material será encaminhado à Procuradoria-Geral da República (PGR), que vai analisar os depoimentos para decidir se oferece denúncia.
O fato de Cármen ter centralizado as discussões causou desconforto em alguns ministros, que se queixaram da demora para ser ouvidos. O principal ministro consultado por Cármen é o decano Celso de Mello. No tribunal, o ministro Gilmar Mendes, por exemplo, é contra a redistribuição porque considera que a Lava Jato, em linhas gerais, não se encaixaria no critério de urgência. Temas urgentes do petrolão, na avaliação dele, seriam apenas aqueles relativos a réus ou investigados presos.

(Fonte: Veja)
WhatsApp mostrará aos seus amigos onde você está em tempo real
O novo recurso virá desabilitado por padrão nas configurações. Ideia é que a localização do usuário possa ser vista em tempo real por seus contatos

São Paulo – O WhatsApp deve ganhar um recurso que permite que usuários saibam onde seus contatos estão em tempo real. Chamada de Live Location Tracking (Rastreamento de localização ao vivo), a ferramenta faz parte de uma atualização na versão beta do serviço (2.16.399 no Android e 2.17.3.28 no iPhone).
De acordo com a conta WEBetaInfo no Twitter, conhecida por seus testes com o aplicativo, a ferramenta poderá ser usada para compartilhar trajetos em um grupo — não há menção sobre o envio da localização a apenas uma pessoa.
O Live Location Tracking virá desativado na configuração padrão. No entanto, os usuários poderão ativar o rastreamento de local em tempo real por um minuto, dois minutos, cinco minutos e até por um período ilimitado. Aparentemente, também é possível escolher quais pessoas poderão ver a localização.
Vale lembrar que o WhatsApp já tem uma ferramenta que permite que as pessoas compartilhem uma localização específica.
Como o recurso foi encontrado na versão beta do app, ele só pode ser usado por usuários selecionados. Ainda não há data para que a ferramenta fique disponível para todas as pessoas.

(Fonte: Exame.com)

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Eike Batista deixa o presídio Ary Franco e é transferido para Bangu
O empresário Eike Batista desembarcou no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, o Galeão, pouco antes das 10h desta segunda-feira, vindo de Nova York. Ele foi levado até a sede do Instituto Médico Legal, no centro da capital fluminense, para exame de corpo de delito, e deixou o local com escolta policial já em direção ao presídio. Eike deixou na tarde desta segunda-feira, 30, o Presídio Ary Franco, em Água Santa, na zona norte do Rio, e ficará preso numa unidade do Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, zona oeste. Na triagem, o ex-bilionário foi levado para uma cela individual. Ele teve a cabeça raspada e ficou separado dos outros presos. Mas, conforme o Broadcast informou mais cedo, o empresário seria transferido por questão de segurança. A chegada do empresário interrompeu temporariamente as visitas das famílias aos detentos no Presídio Ary Franco. Parentes dos presos que esperavam por horas na fila ficaram contrariados. Dois ex-detentos, que deixavam o presídio no momento em que Eike chegou, disseram que o ex-bilionário foi encaminhado a uma cela especial, sem vaso sanitário, apenas um buraco no chão. O fato causou revolta nos presidiários que convivem com a superlotação das celas. “Não tem comida. A gente dá duas colheradas e a comida acaba. Não tem lanche e o jantar é servido as quatro da tarde. Depois a gente passa fome”, contou Maicon Arraes, que deixou o Ary Franco após 16 dias de prisão.
Estadão
FHC: um velho Socialista Fabiano
Minha carta aberta a FHC e depois meu desabafo geraram bastante repercussão, e impressionou a quantidade de leitores do blog revoltados com o ex-presidente tucano. Alguns chegaram a “brincar”, usando o próprio bordão petista, que é, sim, tudo “culpa de FHC”, pois graças a ele o PT estaria onde está. Outros mencionaram a “teoria das tesouras”, alegando que o PSDB é uma espécie de “linha auxiliar” do PT numa estratégia perversa comunista, algo um tanto conspiratório para o meu gosto.
Um terceiro grupo questionou se Fernando Henrique não estaria gagá, ou então sob sequela dos efeitos da maconha, cuja legalização ele transformou em uma das mais importantes bandeiras no momento. Muito cruel. Por fim, um último grupo levantou a hipótese de ele ter o “rabo preso”, e por isso ter de adotar postura tão leniente com os bandidos disfarçados de políticos no PT.
Tudo errado, em minha opinião. FHC não é “linha auxiliar” do PT, tampouco está gagá ou sob efeito da erva. Não creio ter “rabo preso” também. Para mim, Fernando Henrique é, como quase todo mundo, uma figura ambígua, com qualidades e defeitos. Como presidente, abandonou parcialmente sua visão de mundo de intelectual de esquerda, e fez importantes reformas para o país, mas também plantou as sementes de vários programas “sociais” ruins, como as cotas raciais.

Para ler o artigo na íntegra, clique no link abaixo:


(Fonte: Blog / Rodrigo Constantino)